sábado, 27 de agosto de 2011

População faz manifestação na Câmara de Vereadores de Mairi

Em Sessão realizada na noite da última sexta-feira, dia 26 de agosto, na Câmara de Vereadores de Mairi, a população lotou o plenário da Casa e fez uma grande manifestação com faixas protestando e interrompendo as falas dos vereadores por várias vezes.
Os moradores das comunidades do Recreio, Reviver, Tv. Sete de Setembro, Vila do Padre e da Praça André Luiz Nunes fizeram à manifestação pedindo que os vereadores da oposição votassem no Projeto de Lei n° 1.297/11, que "Autoriza o Poder Público a contratar operação de crédito, oferecer garantias e dá outras providências" com a DESENBAHIA, até o valor de R$ 2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil reais) destinado ao financiamento para execução de obras e serviços de infraestrutura urbana e saneamento, de conformidade com as regras estipuladas pelas normas pertinentes e pelo disposto nesta Lei, com base na Taxa de Juros de Longo Prazo TJLP, acrescida de 6% (seis) ao ano, com prazo de 8 (oito) anos e carência de 01 (um) ano.

A operação de crédito que versa o presente Projeto de Lei, tem por objetivo a captação de recursos para viabilizar a execução de pavimentação em paralelepípedos de ruas, travessas e avenidas na Sede do Município, Povoados, e Distritos e das Praças na Sede e no Distrito de Angico.

O Projeto foi colocado em votação nesta sexta-feira (26) e não foi aprovado. José Allan, Mundinho do Bar, Roque Nilson e Luiz do Angico foram os vereadores da situação que votaram a favor. Genó, Jonilson, Rogério, Lalinho, e Ruy da Sucan, foram os vereadores da oposição que votaram contra.
Para José Allan, vereador da situação, esta sexta-feira foi um dia triste para o Legislativo Municipal, onde a Câmara de forma inesperada rejeitou um projeto que iria beneficiar aproximadamente cerca de 27 ruas do município e a construção de duas praças. “Esse empréstimo não ia onerar em nada nos cofres públicos, não iria de forma nenhuma comprometer o grau de capacidade de investimento do município, e a gente fica triste, porque na verdade é um projeto que iria beneficiar o povo do município de Mairi, e não foi aprovado unicamente por questão política de 2012, quem assistiu e ouviu os depoimentos dos vereadores da oposição, eles só não aprovaram o projeto, pensando na eleição de 2012, só por isso, essa é a única justificativa”, disse Allan.

Segundo Jonilson Cerqueira, vereador da oposição, o município não tem condições de tomar esse empréstimo e por esse motivo ele e os vereadores da oposição votaram contra. “Nós vereadores da oposição temos consciência do que a gente quer para nosso município de Mairi, sempre queremos o melhor para o município e para o povo dessa terra, e sempre desde o início do meu mandato assumir com muita responsabilidade e compromisso com o meu povo. Referente a isso, nós já fizemos várias indicações, vários requerimentos para que o prefeito pudesse executar obras em nosso município, através de recursos próprios ou a fundos perdidos, através de projetos de convênio com entidades governamentais, federal, estadual e filantrópica para não endividar o município”, disse Jonilson.





Clique aqui e saiba mais sobre o Projeto

7 comentários:

Edmundo Pedreira disse...

Fico triste em ver alguns vereadores que tanto bateram e denunciaram um prefeito por formação de quadrilha e hoje são orientados pelo mesmo a não votarem em um projeto que só vem a beneficiar a população, do qual a câmara votou quando ele gestor do municipio varios para que ele contraisse empréstimo junto ao DESENBAHIA e hoje só por interesses pessoais tentando retornar a prefeitura para resolver suas pendencias financeiras fazendo politica contraria aos interesses da população de mairi quando temos um gestor sério, honesto e que está preocupado sim com a papulação.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
tc disse...

que linda e justa manifestação eu tambem estava la o que mim deixou mais supreso foi ver,os mesmo que no passado, atiraram pedras na casa do ex agora se tornaram seus advogados,eu gostaria de saber se compromisso com o povo é prejudicar a população?ou será que isso tambem faz parte do jogo politico? eu acho vergonhoso que ainda tem gente sem vergonha em Mairi que apoia os politicos que votaram contra.ass.tc.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Osman Dias disse...

Entende-se que vereador é a pessoa que vereia, ou seja, é o cidadão eleito para cuidar da liberdade, da segurança, da paz e do bem – estar dos cidadãos de seu Município.Após ouvir a sessão na última sexta feira, da Câmara de Vereadores passei a mim perguntar se essa definição realmente se aplicaria para alguns daqueles que escolhemos para serem nosso representantes.
Fica aqui alguns questionamentos :Quem pagará o empréstimo? Antônio Capeta? Ou o Município? De quem é o dinheiro? De Capeta? Dos vereadores? Ou do Povo? Quem será beneficiada? O Povo? O do Prefeito?
Fica aqui a minha tristeza por saber que infelizmente temos que viver num município em que alguns de nossos representes não conseguem enxergar nada, acima de uma sigla politica partidária.

Agmar Rios disse...

Atenção! Comentários de leitores anônimos foram deletados
Só aceito comentários com identificação

Ihatyara Libório disse...

É realmente vergonhoso! O que não se faz por uma boa mamada? Até mesmo apoiar um cara pelo qual muitos da oposição não o simpatizavam, chegaram até mesmo a processá-lo e hoje estão apoiando... Realmente, as pessoas não têm moral alguma para defender a nossa querida Mairi. Acordem eleitores!!!!!